Bolsa
IBOVESPA
|
Câmbio
Dólar |
Euro |
Peso Arg |
Ouro (onça) |
Geral
13/09/2021 15:54
Confira as fotos da manifestação pró-Bolsonaro que reuniu milhares de pessoas em Palotina

A manifestação pró-Bolsonaro levou milhares de pessoas às ruas

Palotina - O Dia da Independência do Brasil, 7 de Setembro, ficou marcado em Palotina por um dos maiores movimentos popular já realizados no município. Milhares de pessoas foram para as ruas na manhã de terça-feira, para manifestar seu apoio ao presidente da República Jair Messias Bolsonaro.

A ação iniciou logo cedo na praça Amadeo Piovesan com um ato cívico que teve a execução do Hino Nacional e leitura de um manifesto, na sequência uma imensa carreata reuniu aproximadamente 1.500 veículos, entre maquinário agrícola (tratores e colheitadeiras), caminhões, automóveis, motocicletas e bicicletas, que percorreu a Avenida Presidente Kennedy e seguiu até o trevo de acesso ao abatedouro da C.Vale, na rodovia PR-182.
O ato contou com a participação de representantes de entidades e associações, produtores rurais e a população em geral, além de autoridades e lideranças. O evento contou ainda com a apresentação da Fanfarra Municipal.
A manifestação, assim como em Palotina, aconteceu em praticamente todas as cidades do Brasil, maiores delas, em Brasília e São Paulo, aonde segundo informações, contaram com a presença de cerca de 2 milhões.

Pauta de reivindicações
A pauta de reivindicações apresentada no manifesto lido na oportunidade estava a liberdade, o voto auditável com contagem pública dos votos, o direito à propriedade, o respeito à família, aos valores morais, à ética e às tradições, a limpeza das instituições do comunismo e a finalização do contorno viário de Palotina.
O voto auditável com contagem pública dos votos foi pauta do nosso manifesto anterior, e não há argumento contrário a ele por quem se declara democrático, afinal, o voto auditável com contagem pública dos votos é indiferente para aqueles que acreditam nas atuais urnas eletrônicas e é a solução para aqueles que não acreditam nelas, manifestar-se contra isso é uma declaração pública de que realmente há algo de errado no processo eleitoral atualmente utilizado no Brasil.
O direito à propriedade é um bem maior que permite que as escolhas individuais sejam recompensadas e que o fruto do trabalho de gerações seja respeitado pelos demais membros da sociedade; a banalização deste direito leva a insegurança jurídica que impede o desenvolvimento e o crescimento econômico, gerando um ciclo de pobreza que é nefasto para as gerações futuras.
O respeito à família, aos valores morais, à ética e às tradições fazem parte de qualquer plano de governo que queira que seu país prospere. Quem não tem passado não terá futuro. O Brasil é um país riquíssimo em cultura popular e estamos vendo isto ser apagado de nosso dia a dia com o objetivo de se criar uma sociedade sem valores e sem princípios, isto para permitir a introdução de novos valores, estes voltados ao comunismo e não à liberdade e ao desenvolvimento nacional.

Fonte: Folha da Terra Fotos: Felipe Becker/FT


PUBLICIDADE