Bolsa
IBOVESPA
|
Câmbio
Dólar |
Euro |
Peso Arg |
Ouro (onça) |
Geral
27/10/2020 07:58
Consulta pública para implantação do Colégio Cívico Militar acontece nesta terça e quarta-feira

Consulta pública para implantação do Colégio Cívico Militar em Palotina acontece nesta terça e quarta-feira

O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta segunda-feira, dia 26, no Palácio Iguaçu, que o programa de colégios cívico-militares será implementado em 215 colégios estaduais de 117 municípios de todas as regiões do Estado a partir de 2021. O investimento direcionado a cerca de 129 mil alunos será de cerca de R$ 80 milhões. É o maior projeto do País nessa área.

O município de Palotina está entre as cidades em que os projetos serão implementados, sendo que o Colégio Estadual Barão do Rio Branco, passaria pela transformação, sendo efetivada como Colégio Cívico Militar.

Consulta técnica
Para tanto nesta terça-feira, dia 27 e na quarta-feira, dia 28, das 08h às 20h, acontecerá a consulta pública para se obter a aprovação ou não do projeto a ser implantado no Colégio Estadual Barão do Rio Branco.
A consulta será em formato de referendo, cabendo à população dizer sim ou não ao modelo na escola em questão.
Fazem parte da comunidade escolar professores, funcionários e pais de alunos matriculados na instituição. Caso o estudante seja maior de idade (18 anos), o próprio participa da consulta. É preciso levar um documento pessoal para votar e pais ou responsáveis votam de acordo com o número de matriculados sob sua tutela na escola, ou seja, uma mãe com três filhos pode votar até três vezes. É recomendável que cada pessoa leve sua própria caneta para registrar sua assinatura.

Para ter validade, mais de 50% das pessoas aptas devem participar da consulta. Se uma comunidade escolar for formada por 500 pessoas, é necessário um quórum de pelos menos 251 pessoas. Para migrar ao modelo cívico-militar basta a aceitação de maioria simples dos votantes da escola, ou seja, 50% e mais um voto do total. O resultado de todas as consultas deve sair até quinta-feira, dia 29.

Fonte: Folha da Terra/AEN


PUBLICIDADE