Bolsa
IBOVESPA
|
Câmbio
Dólar |
Euro |
Peso Arg |
Ouro (onça) |
Geral
12/02/2019 11:08
Conselho Municipal dos Diretos da Mulher tem nova presidente

Eleci Donin é a nova presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher

Palotina - O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher realizou na última terça-feira, dia 5, a primeira reunião do ano que culminou a troca da presidente da entidade. A então presidente, Carolina Hauenstein Rush Mora repassou o cargo para a Eleci Donin.
Na oportunidade Carolina ressaltou que este primeiro ano do Conselho foi de muitas ações que culminaram para o empoderamento e conscientização da mulher. Uma das ações foi o projeto “Mulheres que Inspiram e não Piram”, visando homenagear mulher de grande destaque no município. Também foi realizada caminhada, plantio de árvores na praça e uma importante palestra com a Dra. Gabriela Mansur, promotora de justiça do estado de São Paulo, que veio também falar sobre o tema de empoderamento feminino. O conselho realizou ainda o projeto de conscientização a respeito do câncer de mama, com enfoque ao movimento Outubro Rosa. “Tivemos um ano muito positivo e desejo sucesso à nova gestão que se inicia”, destacou Carolina.
Também presente no evento, a promotora de justiça, Dra. Cristiane Aparecida Ramos, destacou a importância do Conselho da Mulher. Ela explicou que está sendo conduzida à presidência a representante de um órgão governamental, Eleci Donin e antes a Dra. Carolina representava as entidades não governamentais. A promotora adiantou que será lançada neste ano a segunda edição do projeto “Mulheres que Inspiram e não Piram” e o conselho continuará discutindo a política da mulher com enfoque à questão da saúde, trabalho e violência. “Vamos continuar trabalhando para levar informações às nossas mulheres para que elas possam se empoderar, para que os homens possam também compreender o que é política da mulher, porque não é uma guerra de sexos, sempre falo, não são homens contra mulheres, nem mulheres contra homens e sim homens e mulheres caminhando juntos por um mundo igual, por direitos iguais”, conclui.

Fonte: Folha da Terra Crédito: Divulgação


PUBLICIDADE